Pages

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

RESENHA: Para Sempre Alice - Lisa Genova


TÍTULO: Para Sempre Alice
TÍTULO ORIGINAL: Still Alice
AUTOR(A): Lisa Genova
EDITORA: Nova Fronteira
PÁGINAS: 283 (edição econômica)


SINOPSE:

Alice sempre foi uma mulher de certezas. Professora e pesquisadora bem-sucedida, não havia referência bibliográfica que não guardasse de cor. Alice sempre acreditou que poderia estar no controle, mas nada é para sempre. Perto dos cinqüenta anos, Alice Howland começa a esquecer. No início, coisas sem importância, até que ela se perde na volta para casa. Estresse, provavelmente, talvez a menopausa; nada que um médico não dê jeito. Mas não é o que acontece. Ironicamente, a professora com a memória mais afiada de Harvard é diagnosticada com um caso precoce de mal de Alzheimer, uma doença degenerativa incurável. Poucas certezas aguardam Alice. Ela terá que se reinventar a cada dia, abrir mão do controle, aprender a se deixar cuidar e conviver com uma única certeza: a de que não será mais a mesma. Enquanto tenta aprender a lidar com as dificuldades, Alice começa a enxergar a si própria, o marido, os filhos e o mundo de forma diferente. Um sorriso, a voz, o toque, a calma que a presença de alguém transmite podem devolver uma lembrança – mesmo que por instantes, e ainda que não saiba quem é.



RESENHA:

Meu Deus, que livro é esse??? E o que dizer dele?

Para Sempre Alice conta a história de Alice Howland, uma mulher de 50 anos que é diagnosticada com mal de Alzheimer de instalação precoce. No início ocorrem esquecimentos banais, como as chaves e o celular, até que um dia Alice se perde à caminho de casa. Em meio a isso, Alice irá descobrir que quando não há mais certezas possíveis, só o amor sabe o que é verdade.

Bom, esse é um pequeno resumo do livro, mas ele não conta nem um décimo da história. Esse livro é magnífico.
Escrito em terceira pessoa, sob a perspectiva de Alice, o livro é um retrato fascinante do Alzheimer. Ele mostra a verdade e mostra também que o Alzheimer pode atingir qualquer um. Seus pais, seus amigos, eu. Você.

A escrita da autora é muito boa e bastante interessante, fazendo comparações das funções e dos esquemas do cérebro com atividades do dia-a-dia. Além de ser muito instigante.
Os personagens do livro são bem reais e todos interajem com a história. A autora soube criar personagens verossímeis e bastante humanizados.
O único deslize que Lisa Genova comete é no final. Na minha concepção, poderia ter sido mais trabalhado. Mas isso não tira a grandeza do livro, nem o empobrece. O resto está na medida certa.

Enfim, recomendo fortemente Para Sempre Alice para todo mundo que curte uma história maravilhosa sobre como algo pode abalar toda uma vida.



3 comentários:

  1. OMG preciso tanto desse livro, que tal você me doar ele? kkkkk, brincadeira.

    Amei o post, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha leia ele logo! Nunca doaria, eh um dos meus xodós kkk
      Obg!

      Excluir
  2. Eu tenho esse livro! É perfeito! Ensina demais como lidar com pessoas que tem alzheimer e o principal ensina a como demonstrar amor a pessoas que sofrem dessa doença.
    Um dos melhores que eu já li até hoje.


    http://mundosecretov.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir